Jornal Taperá

ENQUETE

Após o aumento do valor você vai continuar utilizando a Zona Azul?

Deseja visualizar o resultado parcial da enquete?

Geral

Fiscais retornam à empresa acusada de manter funcionários em situação semelhante à escravidão


Da reportagem

Fiscais estiveram hoje na empresa e conversaram com os trabalhadores

Quatro fiscais do Ministério Público do Trabalho retornaram nesta quarta-feira, dia 11, a uma empresa situada no Residencial Fabbri, acusada de manter 32 trabalhadores atuando em situação semelhante à escravidão, na semana passada.
Eles vieram dar prosseguimento às investigações que apuram tráfico de pessoas, a exploração do trabalhador, jornada excessiva de trabalho, péssimas condições de alojamento, dentre outras irregularidades.
A ação deflagrada há 2 anos no Estado visa combater esse tipo de situação, já tendo sido flagrada uma empresa em tais condições em Embu Guaçu.
O proprietário, ouvido pela reportagem, nega todas acusações e disse que deverá fechar a empresa.
Mais detalhes na edição impressa.

 

Publicado em: 11 abr 2018 || Por: Jornal Taperá

Veja outras notícias

<= Voltar à página anterior!

© 2014 - Editora Taperá

Todos os Direitos Reservados